Conversas

Pelos incontornáveis
José Soudo e Luís Pavão

Apresentação do livro:
"A atribulada história do casamento da D. Luz com o Sr. Pixel"

pelo autor José Soudo

José Soudo é Curador e Investigador independente em História da Fotografia. Fotógrafo. Mestre em Fotografia Aplicada.
José Soudo é também docente de Fotografia desde 1983 e de História da Fotografia, desde 1986, no Curso de Fotografia do Ar.Co,. É ainda co-fundador do projecto “Ether-Vale tudo menos tirar olhos”. 
Escreveu e publicou uma história da Fotografia para os mais jovens, que até os adultos deveriam ler.  Escrita de forma simples e coloquial, passa pelos grandes nomes da descoberta da fotografia e mostra como alguns dos seus princípios já eram conhecidos na pré-história.
Vem agora apresentar-nos o seu livro.


Excerto:
"Como o saberão, o Senhor Pixel é o atuai marido de Dona Luz, princesa eterna, filha do Rei Sol e cujas filhas se chamam todas FOTOGRAFIA.
(…)
Antes de continuar, tenho que vos avisar desde já de uma coisa muito importante.
A Dona Luz, sendo eterna, já se casou com vários maridos, pelo que ninguém sabe se o Senhor Pixel não está, ou não estará, para ser substituído dentro em breve, nem quando isso acontecerá ao pobre coitado."


Sab, 6 de Nov, 16.00,  Chamusca, Edifício São Francisco

Conservação de Fotografias e Negativos em casa

por Luís Pavão

Luís Pavão é licenciado em Engenharia Eletrotécnica. O Mestrado fê-lo no Rochester Institute of Technology, Master of Fine Arts on Photography. Desde 1979 é fotógrafo free lancer no ramo da fotografia de arquitetura e etnográfica. Fundador  da LUPA, especializada em conservação e digitalização de coleções de fotografia.
É conservador das coleções de fotografia do Arquivo Municipal de Lisboa. Autor dos livros "Tabernas de Lisboa", "Fotografias de Lisboa à Noite", "Conservação de Colecções de Fotografia" e "Lisboa em vésperas do terceiro Milénio".


Nesta conversa vem dizer-nos que aa preservação de uma colecção de fotografia não é uma tarefa diabólica, realizável apenas por alguns iluminados, requerendo equipamento sofisticado, verbas astronómicas ou ajuda de peritos internacionais. Preservar uma colecção de pequena e média dimensão está ao alcance de pequenas instituições, mas não só.  Há muito que podemos fazer para preservar as nossas pequenas coleções domésticas. Vem aprender como, com o especialista: Luís Pavão.


Dom, 7 de Nov, 14.30,  Chamusca, Edifício São Francisco